Skip to main content

A experiência de andar de ônibus – Nova realidade

Para quem acompanha um pouco da minha rotina, sabe que, normalmente saio de bicicleta para onde devo ir. Agora como vou começar a estagiar em outra cidade, vou ter que começar a pegar ônibus. Quando comecei a estudar em uma escola muito longe há algum tempo atrás, tinha que pegar ônibus para ir à escola, mas preferia ir andando, pois dava o mesmo tempo, mas chegava na escola muito suado. 

Dessa vez a minha única opção é o ônibus. Estar dentro de um ônibus não é algo muito agradável. O ônibus municipal de Vitória não é tão ruim, pois não vejo muitas pessoas estranhas e a viajem é mais tranquila. Já as linhas intermunicipais possuem um ambiente mais precarizado. Já peguei gente com música alta dentro do coletivo, é mais comum ver alguns pivetes (e adultos) pulando roleta. O cheiro também é bem ruim. 

A ida para o estágio é mais tranquila, tem mais estudantes e pessoas indo trabalhar. A volta para casa tem o clima mais pesado. O trânsito agarra um pouco e tem alguns seres estranhos dentro da linha. 

Vejo que as pessoas estão muito descuidadas. Vi várias pessoas com celulares caros expostos ouvindo música como se estivéssemos vivendo em um país seguro. Depois que fui assaltado, não dou mais nenhuma bobeira. 

Um lado positivo do estágio é que o prédio é muito próximo do terminal. Posso ir andando até o terminal sem problema algum. O engraçado de morar na Grande Vitória é que sempre se encontra um conhecido na rua. Lá no terminal vi um rosto conhecido e peguei ônibus com as mesmas pessoas do dia anterior. 

Toda vez que pisar naquele terminal vou pedir proteção e que toda viagem que realizar seja tranquila. Vou tentar prestar mais atenção no trajeto para melhorar meu senso de direção. 

Tempo perfeito e passeio com um amigo

Ontem tive o dia bem abençoado. Fiz comida, tirei cópias de alguns documentos e mais no final da tarde sai com um amigo. 

Fomos ao Shopping Vitória e foi bem legal. Ele ficou me perturbando, querendo que eu fizesse natação com ele e com outro amigo nosso. Eu disse que estava sem roupa de banho, ele falou que ia comprar para mim. Não estava acreditando muito, pois ele fala muita bobagem. 

Realmente, fomos ir comprar a roupa para natação. Esperei ele em frente ao cinema, depois ficamos rodando o shopping. Tinha uma exposição de carros antigos bem interessante, pena que não levei minha câmera para tirar foto. Entramos em várias lojas e acabamos finalizando as compras na C&A. Ele queria umas blusas muito feias, falei que estava feio, depois ele trocou por umas peças melhores. 

Depois disso ele pagou o jantar para nós, estou evitando comer glúten e foi bem difícil achar algo para comer. Comemos arroz, feijão, farofa, alface, cada um escolheu uma opção de carne e de bebida tinha um refrigerante pequeno. 

Fomos nas Americanas, ele comprou uns doces e me deu uma bala de gelatina sem açúcar. 

Normalmente eu não aceitaria nada de ninguém. Pois eu teria que retribuir o que as pessoas fizeram por mim de alguma forma. Eu via isso como um fardo, mas agora estou aprendendo a receber e que entregar deve ser uma ação natural, não é um peso ou algo ruim.

Eu agradeço este amigo por ter saído comigo, ter amizades significa que você não está sozinho e pode ter alguém com quem contar. 

Ontem o tempo estava perfeito, não estava quente, nem muito frio. Quando fui embora começou a chover um pouco, mas deu para voltar para casa sem muito transtorno. Eu fui no shopping de bicicleta, na volta fui dando umas paradas e comendo a bala de gelatina, foi uma das melhores balas que comi na vida. Esta bala tem uma consistência muito boa e um sabor bem realçado. 

Dez bênçãos pelas quais sou grato

1- Sou grato por ter a oportunidade de estudar em uma universidade federal, tendo um curso superior, posso abrir mais portas. 

2- Sou grato por ser monitor de uma disciplina na graduação, estou aprendendo a me comunicar e posso conhecer novas pessoas. 

3- Agradeço por ter minha mãe presente na minha vida, ela me ajuda muito e espero retribuir. 

4- Agradeço por ter uma moradia, sou abençoado por conseguir um lugar com água, energia, internet, gás e limpeza incluso no aluguel, e consigo pagar um preço bom. 

5- Fui contemplado em ter uma sala no prédio de Economia, onde posso estudar de maneira tranquila. 

6- Sou grato pelas pessoas a minha volta que me ensinam lições valiosas. 

7- Agradeço por estar nesse planeta, pretendo buscar os melhores modos de aprender e extrair o melhor do mundo.

8- Sou grato por ter o que comer e beber, a alimentação é um fator muito importante para manter a vida. 

9- Agradeço por ter o que vestir, de tempos em tempos, posso trocar o vestuário. 

10- Sou grato por ser jovem e ter muito tempo para poder aprender e passar algum conhecimento. 

25 de abril de 2017

1- A consciência me ajuda a caminhar e me mostra o caminho certo e errado, agradeço por este instrumento tão importante que nos acompanha durante a vida.

2- Agradeço pela chuva que chega, molha a terra e fez a vida reflorescer.

3- A invenção da internet foi algo que me ajudou a ter acesso a conhecimentos que provavelmente seria mais difícil.

4- Sou grato por ter oportunidade de aprender outros idiomas, estou agarrando esta oportunidade e quero ficar fluente em outras línguas e poder se comunicar com mais pessoas.

5- Obrigado músicos, coreógrafos e dançarinos que animam a minha vida, a arte relaxa a minha mente e me completa.

6- Todos os meus professores são muito importantes, cada um tem um jeito de ensinar uma visão e isso me ajuda a ver vários lados de uma história.

7- Sou grato por poder morar em uma das cidades com melhor qualidade de vida do Brasil.

8- Agradeço a todos que trabalham para proteger os membros da sociedade. Estas pessoas ajudam a manter certo grau de tranquilidade e evitam o caos total.

9- Agradeço a todos que tem empatia comigo e me aceitam, mesmo sendo imperfeito e tendo muito o que melhorar.

10- Sou grato, por ter um meio de preservar parte do meu tempo aqui nessa planeta.

Bênção do dia: Consegui terminar de resolver as provas antigas que a professora de Estatística nos deu como revisão.

 

 

Possível intolerância alimentar – Como lidar

Suspeito que estou com algum tipo de intolerância alimentar. Nos últimos tempos estou me sentindo muito fraco, indisposto, não estou conseguindo me concentrar e meu cabelo está caindo sem parar. Já tomei vitamina e tentei várias coisas para ver se minha saúde tinha alguma reação. Percebi que nesses últimos anos, de vez em quando sentia um incômodo, principalmente no estômago e no intestino, mas não dei muita atenção nisso. 

Agora depois de comer algumas coisas, sinto muita dor e vejo que meu organismo não está conseguindo mais absorver algumas substâncias. Provavelmente estou com intolerância a glúten e/ou lactose. Quando como uma fruta de manhã e como a comida do restaurante da UFES não sinto qualquer desconforto, mas quando chega no início do mês e compro coisas como leite e como algo que tem trigo, não me sinto bem. 

Vou ver se consigo marcar exames no posto de saúde do bairro. É meio difícil consegui uma consulta, tem que chegar bem cedo. Vou depois do horário de almoço e ver a resposta que posso obter. Tenho que atualizar o meu endereço, pois como mudei, é importante deixar os dados atualizados. 

Espero não ter nada, mas se tiver, a solução é mudar os hábitos de vida, vou saber a causa da minha fraqueza e ter a minha energia de volta.