Skip to main content

Tempo perfeito e passeio com um amigo

Ontem tive o dia bem abençoado. Fiz comida, tirei cópias de alguns documentos e mais no final da tarde sai com um amigo. 

Fomos ao Shopping Vitória e foi bem legal. Ele ficou me perturbando, querendo que eu fizesse natação com ele e com outro amigo nosso. Eu disse que estava sem roupa de banho, ele falou que ia comprar para mim. Não estava acreditando muito, pois ele fala muita bobagem. 

Realmente, fomos ir comprar a roupa para natação. Esperei ele em frente ao cinema, depois ficamos rodando o shopping. Tinha uma exposição de carros antigos bem interessante, pena que não levei minha câmera para tirar foto. Entramos em várias lojas e acabamos finalizando as compras na C&A. Ele queria umas blusas muito feias, falei que estava feio, depois ele trocou por umas peças melhores. 

Depois disso ele pagou o jantar para nós, estou evitando comer glúten e foi bem difícil achar algo para comer. Comemos arroz, feijão, farofa, alface, cada um escolheu uma opção de carne e de bebida tinha um refrigerante pequeno. 

Fomos nas Americanas, ele comprou uns doces e me deu uma bala de gelatina sem açúcar. 

Normalmente eu não aceitaria nada de ninguém. Pois eu teria que retribuir o que as pessoas fizeram por mim de alguma forma. Eu via isso como um fardo, mas agora estou aprendendo a receber e que entregar deve ser uma ação natural, não é um peso ou algo ruim.

Eu agradeço este amigo por ter saído comigo, ter amizades significa que você não está sozinho e pode ter alguém com quem contar. 

Ontem o tempo estava perfeito, não estava quente, nem muito frio. Quando fui embora começou a chover um pouco, mas deu para voltar para casa sem muito transtorno. Eu fui no shopping de bicicleta, na volta fui dando umas paradas e comendo a bala de gelatina, foi uma das melhores balas que comi na vida. Esta bala tem uma consistência muito boa e um sabor bem realçado. 

Bala Jubes Dori Ramon Cristian 1024x258 - Tempo perfeito e passeio com um amigo

Se conhecendo melhor – De dentro para fora

Se conhecendo melhor Ramon Cristian - Se conhecendo melhor - De dentro para fora

Por muito tempo uma das minhas maiores preocupações foi fazer amizades. Mas vi que, primeiramente devo me internalizar, me conhecer melhor antes de tentar preencher um vazio adicionando pessoas na minha vida. Eu não necessito ter muita gente a minha volta, sou mais reservado e me sinto bem tendo uma rede social pequena. 

Decidi deixar este desespero social para trás. Acredito que, nós vamos atraímos a energia que emitimos, se eu mudar internamente, o mundo externo também vai ser transformado.

Passei por situações chatas com pessoas que pensava que eram meus amigos. Agradeço por ter passado por certas coisas, pois assim pude aprender lições valiosas, aprendi a me afastar de quem não quer meu bem e também aprendi a ser uma pessoa melhor e não magoar os outros. Hoje em dia tomo muito mais cuidado no que vou falar e estou aprendendo a dar menos detalhes da minha vida com quem convivo. 

Grande parte do meu tempo é marcado pelo silêncio, agora quero aprender mais coisas com ele. Antes de ficar lamentando e ficar sofrendo por causa de solidão, vou fazer coisas mais produtivas que podem me ajudar a conquistar os meus sonhos. 

Por muito eu lastrei a minha felicidade em estar com os outros. Talvez tenho esses devaneios veio por influência da televisão, onde tudo parece perfeito e que os mocinhos sempre tem um amigo que pode ajudar até nas missões mais impossíveis. Eu me mudei muito, então nunca me fixei em um lugar para cultivar laços mais duradouros. 

Chegou um sentimento em mim dizendo para estar em paz comigo mesmo, fazendo isso o futuro vai ser próspero e que virão boas novas. O fato de tentar ser perfeito consumiu muito tempo da minha existência. Estou me vendo mais através da minha realidade e transformar meu ser a partir disso, viver em um mundo longe e utópico não vale a pena. 

Correndo no parque e tentando me socializar

Nesta última noite tive sonhos bem intensos. Foi tanta informação ao mesmo tempo que nem consegui processar no que sonhei. Primeiro sonhei que estava em um parque correndo com alguns amigos, algumas dessas pessoas eu conheço e outras não.

Depois do nada eu estava em um provável antigo estágio para tentar conseguir pegar fotos de adolescência que tinha lá. Percebi que eu no sonho tinha alguns traços parecido comigo fisicamente, mas não era a mesma aparência do físico atual. Parecia que o meu antigo chefe estava relutante em me entregar as fotos, falando que deveria ser mais responsável e coisas do tipo. 

De repente estava navegando na internet, entrei em um site de broadcast por demanda, onde o público poderia interagir. Eu navegando através dos programas exibidos, vi um canal de uma alemã, parece que conversei um pouco com ela e fiquei apaixonado. Sei que era alemã, pois em uma parte desse site mostrava de que país a pessoa. 

Em outro fragmento, eu fui em um Correio para abrir uma porta do armário da caixa-postal. Quando cheguei na porta que tinha o número correspondente, não consegui abrir. Logo em seguida, vi que tinha um anúncio informando que a caixa-postal tinha sido transferida para outro lugar. Fui andando até o armário novo, lá passei a chave e abriu. Eu parecia muito feliz com o tanto de correspondência que tinha recebido, mas tinha uma carta sobre doenças que me deixou preocupado. 

Depois vi a namorada de um colega que foi cumprimentar o pai dela. Parece que o senhor perdeu o controle do carro e bateu no carro da frente. Houve uma discussão por causa dos prejuízos. 

Na próxima fase desses sonhos me vi em frente a um parque e tinha um grupo de pessoas fazendo uma roda. Por algum motivo eu não queria entrar nessa roda e alguém que não gostava de mim também não desejaria que me enturmasse com essas pessoas. Esta pessoa que me odiava parecia ser bem talentoso e se aproveitava disso para ser o líder dos outros. Por não conseguir unir ao grupo, comecei tentar a voar, os outros ficaram bem surpresos por tentar fazer isso. Depois que falhei nas minhas tentativas de voo, não chamei mais atenção. 

E no final, sonhei que tinha sido descoberto uma nova doença em alguma água, acho que era na água do mar. Para tomar cuidado e se precaver. 

Nunca processei tanta coisa em uma noite de sono. Espero estar tudo bem com minha saúde e ter mais coragem nos relacionamentos, pelo que pude entender é isso.