Skip to main content

Músicas de k-pop e J-pop de janeiro de 2017

2017 já deus adeus ao seu primeiro mês. Este ano já foram lançadas muitas músicas e algumas delas gostei bastante. Pela primeira vez ouvi as músicas da Kyary Pamyu Pamyu e gostei bastante. Em Janeiro Kyary lançou a música Harajuku Iyahoi, o clipe é simples, mas muito bem elaborado, estranho e kawaii ao mesmo tempo. J-pop está me surpreendendo. 

2NE1 lançou seu último MV para despedir dos fãs. Minzy ficou muito chateada de não ter sido chamada para participar do clipe. CL praticamente domina a cena, mas o importante que elas puderam ter este último momento como banda. 

AOA no começo do ano lançou duas novas músicas, que foram Bing Bing e Excuse Me. Os MVs da banda são relativamente simples comparado a outras bandas de k-pop, eu gosto da Choa e por isso que vejo os clipes delas. 

Agora estou começando a escutar menos k-pop. Está vindo novas gerações de cantores e estou me sentindo meio velho nesse mundo. As bandas antigas que gosto estão se desfazendo. Primeiro foi 4minute e depois 2NE1. BigBang vai ficar um tempo fora de cena. Tem rumores enquanto ao SNSD. A indústria coreana musical descarta as pessoas muito fácil. Parece que a única coisa que importa é a juventude e beleza. Sinto que as empresas coreanas de entretenimento deveriam valorizar mais o talento e menos a aparência. Parece que passar dos 30 e cantar k-pop é um crime. 

Retrospectiva das músicas e artistas de k-pop de 2016

Quem já está adulto como eu e gosta de k-pop desde a infância ou adolescência, já deve ter percebido algumas mudanças. O conceito em geral das bandas sofreram algumas alterações, isso é natural acontecer com o tempo. Alguns grupos ganharam força, outros caíram e alguns grupos se desfizeram. Já estou me sentindo meio velho, pois agora tem uma nova geração de pessoas que gostam desse estilo de música e me sinto tipo um tio-avô. 

Para mim a perda mais significativa foi 2ne1. As primeiras bandas que conheci e que mais escutei foram 2ne1 e Big Bang. No geral escutava mais os artistas da YG do que da SM. Já contei em outras ocasiões que não conheci a Coreia pelo K-pop, mas sim pelos doramas. As músicas coreanas que escutava eram mais estilo novela. 

Este ano teve outra separação repentina, que foi a 4minute. No fundo, já estava claro que só Hyuna iria se destacar e as outras integrantes iam ser deixadas de mão. Das integrantes de 4minute, gostava mais da Gayoon.

4minute separação hyuna ramon cristian - Retrospectiva das músicas e artistas de k-pop de 2016

2ne1 poderia ter tido mais anos de carreira. Acredito que a Minzy foi muito precipitada de ter saído do jeito que saiu. No final, a decisão foi para a vida delas. Park Bom é uma pessoa muito sensível. Para alguém trabalhar na mídia, deve-se ter uma condição psicológica boa para suportar as críticas. Sinto que Bom deveria se afastar e cuidar dela um pouco. Dara já tem uma carreira nas Filipinas e CL é uma mulher de contatos. As duas provavelmente que vão se sair melhor daqui em diante. Se Park Bom consegui voltar para a carreira artística vai ser algo muito bom. Minzy é muito nova e ela pode decidir fazer muitos trabalhos, mas não acho que ela vai ter tanto sucesso do mesmo modo como integrante da 2ne1. 

2ne1 minzy dara cl bom ramon cristian - Retrospectiva das músicas e artistas de k-pop de 2016

Jessica deu uma volta por cima e conseguiu se firmar na mídia. Algo muito difícil para alguém que trabalhou na principal empresa do ramo. Não tenho nada contra ela, mas não gostei dela ter sido a apresentadora de uma programa que gosto muito: Beauty Bible Best. O programa ficou muito sem graça e monótono. Os outros três apresentadores eram muito mais animados e divertidos. Sinceramente não me agradou os estilos de músicas dela, mas muitos fãs amaram e apoiam esta nova fase. Acho o estilo da Jessica muito elegante e bem moderno, admiro o trabalho dela mais para esse ramo. 

Versão 2015 

Versão 2016

2016 foi o primeiro ano que escutei BTS pela primeira vez. Aqui no Espírito Santo tem bastante k-poppers que gostam de BTS, até teve uma excursão para ir em São Paulo para vê-los. Não sou fã da banda, entretanto sou apaixonado por Blood Sweat & Tears. Ouço esta música praticamente todos os dias desde que descobri a sua existência. 

Em 2016 comecei a escutar mais as músicas da SM. Uma que gosto bastante é Monster de Exo. Foi lançado o projeto NCT (Neo Culture Technology). Provavelmente os artistas na NCT vão ser os novos sucessos dessa nova geração do K-pop. As músicas são bem jovens e bem conceituais. Vejo esses novos grupos como uma forma de internacionalizar mais a SM. Sinto que a YG está na frente nesse aspecto.

Para substituir 2ne1, a YG promoveu com sucesso o grupo Black Pink. No começo estava resistente em escutar elas, principalmente pelo fato delas serem a 2ne1 2.0 para a YG. Mas no final de tudo, cedi e gostei do ritmo. Black Pink tem poucas músicas e estou aguardando os próximos lançamentos. 

 Um ótimo 2017 para todos!

Meu gosto musical mudou com o tempo

Com o tempo vamos mudando. Meu gosto musical também sofreu alterações. Quando criança não ligava muito para música. Quando entrei na adolescência comecei escutar algumas músicas. A maioria que passava em um canal na televisão que se chamava Mix TV, também via alguns clipes musicais na MTV. Quando ia para a escola, gostava de escutar a estação de rádio Jovem Pan. Pop-rock nacional era a minha paixão.

Por gostar muito de anime, sempre quis aprender as letras das aberturas e encerramento. Depois conheci mais a fundo o j-rock. Acho muito legal o estilo das bandas japonesas de rock. Gostava de escutar umas músicas mais pesadas quando estava estressado, aquilo que me acalmava.

Um pouco depois, comecei a assistir doramas coreanos, a partir deles conheci as músicas coreanas. Normalmente música de doramas são mais românticas. É um pouco diferente do K-pop. Depois fiz uma pesquisa das músicas populares da Coreia do Sul, e vi que k-pop era muito popular. A primeira banda que escutei foi Big Bang, era muito viciado em uma música chamada Monster. Mas no total, ouvi muito 2NE1.

Agora no início da minha idade adulta, estou escutando mais músicas em inglês. Gosto muito de Lana del Rey e Melanie Martinez. Não queria admitir, mas gosto dessas músicas com um tom mais romântico ou reflexivo.

Minha música favorita de Lana del Rey é West Coast, acho ela muito elegante. Mas o lado negativo é que a Lana incentiva o uso de entorpecentes, tem tomar certo cuidado para não se deixar influenciar.

Outra cantora que gosto muito do trabalho é a Melanie, ela é uma artista que original. Umas das minhas músicas favoritas é Milk and Cookies
No futuro quero conferir este post e saber se houve mais algum tipo de mudança.

Somos um processo de transformação, isso deixa a vida mais interessante.