Skip to main content

Semestre acadêmico puxado e prática do foco ao extremo

Avalie este post

O semestre mal começou, mas deu para perceber que vai ser bem puxado e difícil. Não posso dar o luxo de deixar nada acumular. Vou fazer de tudo para fazer os exercícios e deixar as leituras em dia. Vou ficar um período sem ler assuntos fora da graduação, minha mente tem que estar totalmente focada para a Economia. Apenas dedicarei um tempo para escrever um pouco das minhas experiências na web, um tempo para estudar mandarim no Memrise e aprender conteúdos referentes as minhas matérias.

Com o tempo aprendi que tenho que ser mais político. Lidar com outras pessoas não é uma arte fácil. Alguns indivíduos não entendem opiniões diferentes e contrárias, e podem ficar bem irados quando não são vistos como interessantes. Sinto que lido com gente mimada, que apenas cresceu e não deixou estes traços infantis. 

Tenho que aprender a alinhar os estudos com as expectativas que os outros tem. Fico grato por ter visto certas situações, isso me fez mais forte e mais confiante. Esta experiência pode me desenvolver e me deixar mais focado. 

Evitarei ao máximo repetir erros passados, tenho que superar, evoluir e vencer os novos desafios. Estou trabalhando a minha mente para ver as coisas mais claras e estou sendo treinado para lidar com ambientes com muita pressão. No mercado de trabalho e no empreendedorismo provavelmente também estarei em ambientes com muita pressão por causa da competição. Competição esta que é uma amostra da sociedade da guerra que vivemos. 

Nestes últimos meses levantei a cabeça e vi que sou capaz. Não posso deixar o medo me paralisar. Este semestre da graduação não quero ficar com nenhum arrependimento. Darei o melhor de mim e o que for será. Não posso me prender a números como se eles fosse eu. O mais importante é o aprendizado, e como o conhecimento pode erguer abundância e prosperidade. 

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.