Skip to main content

Pai ausente, alcoólatra e totalmente egoísta

Avalie este post

Parece que às vezes olho ao redor e a vida de todo mundo parece tão perfeita. Nunca tive a vida que quis e estou lutando para tentar viver, estou a quase duas décadas sobrevivendo. Grande culpa da desgraça de muitas coisas que aconteceram foi por culpa do meu pai. 

O sujeito nunca deu apoio nenhum a minha criação e nunca deu notícia. Depois de muito tempo, quando ele estava no poço e não tinha ninguém para estender a mão. Ele mexeu com os sentimentos da minha mãe para eles poderem voltar. Ele chegou lá em casa já bêbado e alterado. Nunca passei tanta vergonha na minha vida nesse tempo. Pensei em me matar, de fugir de casa, de matar ele e várias coisas do tipo. Por causa desses anos, nunca vou ter uma proximidade grande com minha mãe, por deixar aquele homem destruir a minha vida.  Ela melhorou muito a personalidade nos últimos anos, ficando mais sensata, deve ser um reflexo da maturidade, mas infelizmente as marcas do tempo não se apagam. 

Ele literalmente nunca me ajudou com um centavo, me deu até prejuízo destruindo uma bicicleta que tinha. Meu pai é tão sujo que ele tenta manipular os sentimentos das pessoas se fazendo de coitado que não teve oportunidade na vida. Desse modo ele consegue arrancar dinheiro de alguns parentes. Ele nunca me convenceu e por isso morria de ódio de mim. Eu sempre jogou na cara dele o quão vagabundo, manipulador, safado e otário que ele era. O cara está na casa dos 50, bebe desde a adolescência e não admite que é viciado em álcool. Se ele houvesse amor pelas outras pessoas, mesmo sendo viciado, pensaria em como não deixá-las desamparadas. 

Infelizmente ele não vai fazer nenhum falta no mundo. Quando chegar a morte dele vai ser um sentimento de alívio e vai ser alguém que ninguém vai sentir nenhum pingo de falta. 

 

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.