O que achei de Estrela Cativa de Nora Roberts

Eu fui na Americanas um tempo atrás e vi este livro por R$5,00. Estava muito barato, decidi levar. Comprei meio que por impulso. Este tipo de literatura é mais voltado para o público feminino e parece ser bem popular. É interessante saber o que muitas mulheres estão lendo. 

Este é um tipo de livro que tem que ter muito cuidado. A história tem alguns elementos bem interessantes, parece que estamos mergulhando em um filme, mas por outro lado, a autora naturaliza relacionamentos abusivos. Recomendo a leitura para pessoas que sabem separar muito bem a vida real de ficção. A personagem principal tem alguns elementos que devem encaixar na vida ou nos desejos das leitoras, uma mulher independente, que sabe o quer, que trabalha muito, forte e com laços familiares e de amizade muito intensos. Esta mulher não tem relacionamentos afetivos, mas no fundo deu para entender que ela precisa de um homem na sua vida. Quem é este homem? Este homem é um ser bruto, que leva uma vida de aventuras, bonito (com um aspecto de lutador), sem laços de amizades e familiares, o personagem é um inteligente revoltado com o sistema. 

A história começa com um rapto. Começou a rolar um clima entre os personagens, mas de uma maneira estranha. A mulher por um tempo esteve como prisioneira, mas estava com desejos por seu raptador. Aconteceu algumas coisas que na minha visão são abusivas, mas não sei como as leitoras dessa autora enxergam isso. Outra coisa que achei muito estranha é que as coisas aconteceram rápido demais, do rapto, ao descobrimento que o tal homem estava ali para ajudá-la, para o romance, para o clímax até o encerramento, o período de tempo é muito curto. De uma hora para outra o ser perigoso, virou o amor, e um amor que tem-se a certeza que durará uma vida. 

(Visited 8 times, 1 visits today)

Ramon Cristian

Doramaníaco, J-rocker, geek, otaku, fã de cultura asiática e gosto muito de aprender idiomas.