Skip to main content

O dilema da louça suja na pia

Avalie este post

Uma coisa é estar morando com familiares e ter um responsável te pressionando para poder fazer alguma tarefa doméstica. Outra coisa morar sozinho e ter disciplina para deixar a casa limpa sem ninguém falando que se tem que arrumar algo.

É difícil ser meio preguiçoso e ao mesmo tempo não gostar de arrumar as coisas, estou esperando um robô que faça todas as atividades domésticas para mim. Mas enquanto este ser não existe, tenho que me virar. Um segredo é deixar as coisas arrumadas por mais dias o possível para não precisar limpar.

Duas coisas são mais perturbadoras dentro de uma casa. Que é limpar banheiro e lavar vasilha. Quando morava com minha mãe e meu irmão a louça suja chegava até o céu. Minha mãe tem uns hábitos que odeio, tipo tirar a comida da panela, colocar em pote, quando íamos comer, tinha que retirar a comida dos potes, colocar na panela e esquentar. Aí tem que lavar pote, panela, prato e etc. Ela tem uma resistência em colocar panela dentro da geladeira, pois ela fala que pode arranhar a geladeira.

Eu que moro sozinho, tento evitar o máximo a sujar utensílios para ficar limpando. Ainda bem que maior parte do dia estou fora, maior parte do meu tempo como universitário como no RU (restaurante universitário), quando tenho que fazer algo em casa. Tento usar a menor quantidade de panelas o possível. E diferente da minha família (mãe) sujo pouquíssima coisa e não me estresso com vasilha.

Dicas:

-Use uma ou duas panelas no máximo, faça um mexido com arroz, um macarrão, uma lasanha, sei lá, invente algo.

-Tenha um copo fixo, há uma tentação de usar todos os copos limpos. Pegue um copo e chame-o de seu e tente usar apenas ele. Isso reduz drasticamente o quanto de louça que devemos lavar.

-A mesma dica do copo dou para o prato e potes.

Então é isso, espero ter ajudado.

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.