Skip to main content

O avanço do febre amarela e o descaso do governo

Avalie este post

Aqui no Espírito Santo a febre amarela chegou e está se alastrando com força. Já foi confirmada casos de pessoas mortas no Estado por causa da doença. O mais absurdo é que tem vacina para a doença e ela não está sendo distribuída. Por causa do descaso do governo, está sendo muito difícil vacinar. Há várias pessoas dormindo em filas para tentar ter acesso a vacina. 

febre amarela aedes aegypti Ramon Cristian - O avanço do febre amarela e o descaso do governo

O governo simplesmente falou que ia começar a tomar providências depois do carnaval. Muita loucura quem quis ficar em multidão tendo uma doença se espalhando. Depois do carnaval, parece que o caso está ficando mais sério. 

Na UFES (Universidade Federal do Espírito Santo), no campus de Goiabeiras, alguns macacos já morreram. Quando macacos morrem de repente, é um indício que a Febre Amarela está presente no local. 

Está muito difícil morar em zona tropical, o pior é morar em uma zona tropical com pessoas mal-educadas e ignorantes. Pelo Brasil ser quente, é mais fácil a transmissão de doenças. A ação que todos deveriam ter é evitar a proliferação dos transmissores como o aedes aegypti. 

A situação só está piorando, agora temos vários tipos de dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Será que vai ter que mortes em massa para começar a ser feito alguma coisa?

Cada vez estou mais irritado com a situação desse lugar, parece que a cada dia piora. O governo mais atrapalha do que ajuda. Toda vez que temos uma situação grave, a ação governamental demora responder (ou simplesmente não responde). 

Agora estou mais convicto do que nunca que devo me mudar desse país. É inadmissível ficar sofrendo desnecessariamente. Estou cansado de conviver com várias pessoas ignorantes e sujas. Eu não consigo ver uma solução pacífica para o Brasil. Se houver mudança, infelizmente tudo indica que algum tipo de transformação social terá que será realizado pela força. 

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.