Skip to main content

Hábitos humanos estranhos: O processo do ritual

Avalie este post

Ritual é algo que faz parte do processo de socialização humana. É um elemento que existe por milênios e algumas coisas são muito difíceis de desconstruir. Eu realmente não consigo entender como as pessoas conseguem viver a sua vida tendo rituais periódicos. A vida se torna tão sem graça, pois tudo se torna tão previsível. O ritual deve ser um modo para dar segurança no futuro, pois não é necessário ter aquele estresse do que fazer. 

Um lugar onde os rituais são muito presentes são nas religiões. Todas as religiões de modo geral tem um certo padrão. A Igreja Católica tem um folheto que deve ser seguido e a missa é por base naquilo. As igrejas evangélicas normalmente tem o mesmo padrão de encontros. Não conheço muito de outras manifestações de fé, mas acredito que deve acontecer a mesma coisa. Os fiéis seguem anos e anos os mesmos padrões de música, culto, literatura e vestimentas. Como as pessoas vivem assim e não cansam? Inovar faz parte para a transformação de um novo mundo, me incomoda uma sociedade que não sai do mesmo padrão. 

Não é apenas pessoas religiosas que seguem rituais de tempos em tempos. Pessoas não religiosas também tem esses padrões, principalmente em ações na busca de algo para ter conforto em vida. Sinto que o ritual é o modo da sociedade de sobressair a individualidade. Pela primeira vez, em muitos lugares, as pessoas têm a liberdade de serem quem elas são. O padrão social cada vez mais está sendo confrontado, principalmente na sociedade ocidental. Um exemplo muito forte do poder dos rituais são as sociedades indígenas, que mantiveram tradições por séculos, parecendo que as pessoas de determinada época é a mesma de séculos atrás. 

Há um medo do desconhecido e de uma perda de identidade social. Se aventurar no desconhecido é um pecado para determinadas pessoas. Os mais ameaçados e que tentam de algum modo barrar as mudanças são os líderes dos movimentos que realizam os rituais. Há várias formas de interromper uma mudança. Os exemplos de tentar manter o status padrão é através de uma ditadura, pressão psicológica, legislação e toda forma de manter o controle. 

O lado bom dos rituais é que seus adeptos vão ser pessoas mais parecidas. Seres mais parecidos fazem com que a harmonia social seja maior. Um dos motivos do mundo estar tão conflituoso, pois como cada um segue para o individualismo, a harmonia social se torna mais difícil. Mesmo em uma mesma família, a harmonia social está se tornando difícil, pois cada membro pode ter gostos musicais diferentes, grau de instrução diferentes e conhecimentos diferentes. Uma harmonia social que está sendo construída é pela grande mídia, onde há uma tentativa de tornar todos igualmente burros. A televisão por muito tempo foi uma forma de poder muito abrangente, mas atualmente existem tipos de mídias onde cada um escolhe aquilo o que deseja e acessa quando deseja. A individualidade faz com que os rituais se tornem mais dissipados. O perto se torna longe e o longe se torna perto.

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.