Skip to main content

Esforços para aprender um idioma

Avalie este post

Desde pequeno eu vi a importância de aprender um novo idioma. Com o mundo cada vez mais competitivo, ter habilidades a mais sempre conta pontos. Ser bilíngue, trilíngue ou poliglota ajuda muito no desenvolvimento pessoal e profissional. Estudei em escola pública e senti que o ensino passado era insuficiente para o desenvolvimento de uma língua estrangeira, os professores sempre ficavam presos no verbo to be e nunca avançaram. No terceiro ano do ensino médio também foi incluso o espanhol, mas também foi o superficial do superficial.

Ainda bem que quando comecei a se interessar no assunto, a internet já estava acessível, assim já poderia ter um mundo de conteúdo que não estava disponível antes. Eu era apaixonado por um site chamado Livemocha, lá você poderia estudar por flashcards, era um ensino bem intuitivo e conheci várias pessoas pela plataforma também. Infelizmente o site foi vendido e a nova empresa destruiu o conteúdo. Acredito que a evasão foi tão forte que eles até encerraram o serviço. Outro site muito bom e bem parecido com o sistema no Livemocha é o Busuu. Mexer no Busuu na versão gratuita é um pouco chato, pois tem que ficar pulando as coisas toda hora, mas acredito que a versão paga vale muito a pena. O que estou usando muito agora é o método Anki, substituindo o aplicativo que tinha do Memrise, queria ter os dois, mas meu celular tem pouca memória, então deixei apenas um.

O principal ao estudar um idioma, é estudar um pouco a cada dia. Não deixar acumular para estudar apenas uma vez na semana por exemplo. Quando você tem contato com o idioma todo dia, isso ajuda a enraizar o conteúdo na sua mente. O importante é não desistir, tudo no começo parece, mas aos poucos tudo vai ficando claro. Estou vendo algumas lições de mandarim no Anki e algumas palavras já entraram na minha mente de maneira surpreendente, agora é só ir evoluindo. Não desista de estudar idiomas estrangeiros, pois isso pode te ajudar muito pela vida.

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.