Skip to main content

Desânimo de viver e tarefas mal realizadas

Avalie este post

Nesses últimos tempos estou muito desanimado em fazer as coisas. Não deixo de me mover para frente, mas não estou andando, mas se arrastando. Ainda não encontrei um propósito exato na vida. Não tenho nenhum hobbie ou amor intensos. A pressão da sociedade para ser bem sucedido é muito grande. 

Tem pessoas que não aguentam tal pressão que é imposta. Cada um se manifesta de alguma maneira. Eu sinto como se fosse ter um colapso nervoso. O pior de tudo que não tenho ninguém para desabafar. Só eu sei que sinto, parece que expressar os sentimentos é um sinal de fraqueza ou frescura. Às vezes é melhor ficar calado do que falar algo e se sentir pior. 

Me vi em uma busca por dinheiro. Na nossa sociedade muita gente passa o mesmo que eu. Dinheiro significa poder e acima de tudo dá segurança. No final de tudo só queremos estar protegidos ou ver os nossos em segurança. Como as coisas estão muito fragmentadas e difíceis de entender, muitas vezes não conseguimos visualizar exatamente aquilo que queremos. 

Sinto que ninguém confia nos meus sonhos. Eles parecem grandes ou estranhos demais para quem vê do lado de fora. Mas vou provar para todos que posso conseguir realizar o que desejo e ser bem sucedido na vida. Não aceito na minha vida, palavras desanimadoras. 

Por não estar animado com nada e por não ver resultados do esforço que faço, estou fazendo minhas atividades mal feitas. Sei que isso é algo ruim e posso desanimar quem está a minha volta. Não sinto que tenho liberdade de criação e execução de projetos. Estou sendo subordinado de pessoas que não quero que sejam meus superiores. Mas infelizmente esta é uma etapa do meus crescimento.

Se tudo der certo, minha inteligência emocional vai estar em um nível muito avançado. 

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.