Desafios para o próximo ano: Idiomas, estudos e trabalho

Estamos nas últimas semanas de 2016 e como de costume gosto de fazer um planejamento para o próximo ano. Este ano foi um dos piores na vida dos brasileiros. Só ouvimos notícias negativas e parece que tudo deu errado. Para 2017, esperamos dias de fartura. 

Dezembro está sem graça. O espírito de Natal está se apagando totalmente. Não vejo ninguém ansioso pelas festividades. Não tem mais decorações pelas ruas e nas casas. As vendas de final de semana vão ser modificadas com uma tendência que parece que vai ser permanente. As vendas de Natal vão ter que competir com a Black Friday. O Brasil está incorporando a data e parece que ela vai ficar. 

Minha vida deu uma estagnada ultimamente e estou com uma rotina péssima. Antes grande parte do meu dia era usado para aprender idiomas. Quero voltar com essa rotina e focar em menos coisas para acelerar o processo de aprendizagem. Vou usar o Netflix, Memrise e juntar um dinheiro para assinar o Busuu.

Se tudo der certo, começar a fazer academia. Estou um pouco nervoso e ansioso. Outro dia fiz um exame para ver os batimentos cardíacos, agora vou fazer outro teste semana que vem.

Pretendo não procrastinar mais. Vou usar estas férias para pensar profundamente sobre a minha vida. Quero fazer um planejamento para ter uma rotina fixa por um grande período de tempo. É ruim estar com uma sensação de estresse eterno.  

Vou focar na qualidade dos próximos projetos. Deixei muito a desejar este ano. Vi que desapontei muita gente, principalmente os meus professores. Devemos fazer este exercício de jogar fora tudo aquilo que não precisamos e não desistir dos nossos sonhos. Para 2017 vou tentar ser mais discreto e não expor meus sonhos e planos, principalmente para pessoas negativas.

Sempre ouvi dizer que quando expomos aquilo que queremos tudo se torna mais difícil. Vou fazer o teste e ver qual que vai ser a reação.  

(Visited 35 times, 1 visits today)

Ramon Cristian

Doramaníaco, J-rocker, geek, otaku, fã de cultura asiática e gosto muito de aprender idiomas.