Skip to main content

Alimentação para fortalecer o corpo e ida ao supermercado

Avalie este post

Hoje fui no supermercado, pois as coisas aqui em casa estavam acabando. Quando cheguei lá, até me surpreendi. Nunca vi tanta gente em um supermercado ao mesmo tempo. A maiorias das pessoas estavam com caixas e mais caixas de cerveja, nesses momentos percebo que estou no Brasil. Grande parte do povo que estava ali estava comprando comida e bebida para passar o carnaval. 

Comentei que com o passar do tempo comecei a comer mais coisas industrializadas, pois onde morava, verduras, legumes e frutas são itens bem caros. Tomei consciência que precisava voltar a ter uma alimentação mais saudável. Passei longe do setor de biscoitos, pela primeira vez comprei mais alimentos frescos do que industrializados. Estou resistindo a tentação de ficar comprando um chocolatinho ou um doce, com o passar do tempo, isso se transforma em economia. 

Depois passei na feira e comprei algumas poupas de fruta e banana. Toda semana vou ir comprando as coisas aos poucos, desse modo não tem a chance de algo estragar. Me dá uma tristeza e um sentimento de culpa muito grande ver comida estragando. 

Minhas amígdalas incharam mais e começou a doer de novo. Tenho esperança que vou me livrar desse mal mudando meus hábitos, meditando para controlar o estresse e com regulação no sono. Fui no posto algumas vezes para ver se conseguia consultar, é horrível depender de saúde pública no Brasil, mas enfim, no final tudo vai dar certo.

Espero que meu corpo responda positivamente a essas mudanças. Eu sinto que estou renascendo, finalmente estou conseguindo me livrar de pensamentos e atitudes negativas. Estou jogando todos os lixos fora e limpando minha casa interna. Quero muito estar preparado para passar uma herança de prosperidade para as próximas gerações. A alimentação pode me ajudar nesse processo de fortalecimento e deixar a fraqueza mental e física de lado. 

Ramon Cristian

Estudo Ciências Econômicas na UFES. Sou apaixonado pela cultura asiática. Pretendo ensinar, mas sem deixar o espírito empreendedor de lado. Quero me especializar na área financeira ou desenvolvimento econômico. Sou fascinado por todos os temas que mostram a expressão humana, como arte, literatura, cultura e moda.